Relatório médico WL 2017

Queridas pessoas,

Em primeiro lugar gostaríamos de vos agradecer pela vossa paciência. Demorou mais tempo do que aquele que esperávamos para ter toda a informação necessária de forma a que conseguíssemos escrever um relatório claro sobre a gastroenterite que se alastrou no Waking Life 2017. Após algumas semanas de investigação, fomos finalmente capazes de colocar todos os dados juntos.

Equipa médica

Inicialmente os visitantes receberam tratamento no posto médico para uma vaga de calor, exaustão e desidratação. Na semana em causa estava muito calor, com temperaturas a atingir os 40 graus. Os sintomas reportados no início foram cansaço, vómitos e náuseas.  Quando os primeiros visitantes que apresentaram queixas de diarreia e dores abdominais entraram no posto médico, a nossa equipa médica concluiu que teria de haver uma causa diferente. Surgiu o boato de que a água da torneira estava contaminada. No entanto, tanto a água das torneiras como a dos chuveiros estavam ligadas diretamente à rede de água do município, que neste caso é limpa e potável.

No local, as intervenções médicas passaram por reidratação e tratamento de náuseas ou dores abdominais. Alguns casos foram tratados no hospital de Portalegre. A informação que obtivemos foi que não teriam sido dados antibióticos aos doentes nesse momento por ainda não terem sido feitas análises às fezes dos mesmos. Embora suspeitássemos de uma gastroenterite viral, não tínhamos todavia a certeza de estar a lidar com uma bactéria ou um vírus.

Laboratório

No dia 24 de Agosto tirámos amostras da água da torneira, dos chuveiros, e da água da barragem para análise. As análises foram realizadas de acordo com os valores recomendados da WHO para qualidade de água potável. Os resultados indicam que a água se encontrava suficientemente higienizada para consumo humano e testada negativa em todos os germes vindos do trato gastrointestinal humano, incluído E. Coli, Salmonella e Legionella. Na barragem, não foram detetadas qualquer tipo de bactérias perigosas tampouco. O crescimento exponencial de casos de gastroenterite sugeria uma infeção viral com sintomas parecidos com Norovirus. No entanto, o Norovirus é facilmente identificado em fezes humanas, não tendo, neste caso, sido encontrado aquando as análises. Concluímos que nem a água da torneira nem a do lago terão causado a contaminação que se alastrou no local e no pós Waking Life. Uma contaminação através da comida também ficou excluída pois não existem provas ou relatórios que sugiram uma infeção bacterial. Quanto à saúde não há nada com que se preocupar, não será necessário avançar com outras medidas para além do tratamento para a gastroenterite sugerido anteriormente.

Surgimento e alastramento

Embora ainda estejamos a investigar outras amostras tais como as das fezes de ovelha, é quase certo que o vírus foi trazido por uma pessoa, ou que se encontrava doente ou que transportava o vírus. A doença gastrointestinal foi provavelmente produzida aereamente e passada através de superfícies e objetos contaminados. Pesquisas externas sugerem que fatores meteorológicos locais tais como a temperatura ou o contacto entre pessoas habituadas a diferentes ambientes e condições meteorológicas pode ser um fator de mais fácil alastramento da gastroenterite infeciosa. A exaustão e insuficiente hidratação também têm impacto no sistema imunitário.

O Waking Life pode melhorar estruturalmente no sentido de diminuir ou prevenir a possibilidade de vírus desta natureza ou semelhante se alastrem e faremos tudo aquilo que pudermos para o conseguir. Isto inclui melhorias nas infraestruturas dos bares e das zonas sanitárias, alertar os visitantes para a importância da saúde pública e oferecer mais água corrente no terreno para maior higiene na totalidade do recinto.

Durante as próximas semanas uma avaliação total será feita de forma a que possamos implementar estas melhorias na edição do próximo ano. Podes sempre contactar-nos por email para quaisquer outras questões.

_
Este texto foi escrito com a ajuda do laboratório biOurb e a equipas médica e de segurança do Waking Life.